Jovem conta para amiga que é HIV-positivo e ela lista motivos para ele não desistir

13765853_1758808651065506_2544340252361657162_o

SIM, ainda existe amor verdadeiro no mundo. Mesmo com todos os cenários dizendo o contrário, com casos escabrosos de falta de humanidade, amor e respeito pelo próximo, sempre existirá uma exceção e é justamente essa exceção que nos motiva a acordar todos os dias e tentar tornar o mundo um lugar um pouco melhor.

Um jovem soropositivo venceu o medo e contou para sua amiga que é portador do vírus HIV. A amiga, por sua vez, venceu o preconceito e a ignorância, e fez uma carta listando os motivos pelo qual seu amigo não deve desistir da vida e não permitir que o preconceito às pessoas soropositivas vença. O resultado é maravilhoso e você confere logo abaixo!

 

EU CONTEI PRA MINHA AMIGA QUE SOU HIV-POSITIVO E ELA RESOLVEU ME ESCREVER UMA CARTA:

“MOTIVOS PARA SEGUIR EM FRENTE”

1 – Eu sou egoísta! Amo você, preciso de você na minha vida e pra isso você precisa se cuidar, se mantendo saudável.

2 – Você é uma pessoa extremamente cheia de vida. Pensa no próximo e está sempre indo em busca dos direitos. O MUNDO PRECISA DE VOCÊ.

3 – HIV não é sinal de morte. Inclusive acabei de ler em um site que 70% dos portadores do vírus continuam suas vidas de boa. É UM NÚMERO ALTO!

4 – Vai ser difícil. Você não deve ver a dificuldade como algo negativo, muito pelo contrário. Vai precisar sim mudar a sua rotina, se alimentar bem e criar alguns novos hábitos. Mas isso não é o fim do mundo e acredito que depois de um tempo, você vai está tranquilo e retomar as rédeas da sua vida novamente.

Com relação às relações emocionais vai ser um pouco mais complicado. Todo mundo sabe que o preconceito é muito grande e que as pessoas dificilmente procuram saber de algo que não é do interesse delas e infelizmente você acabará sofrendo com as consequências disso. Mas também vai aprender a melhor forma de lidar com essa situação sem se magoar.

5 – Minha mãe diz que o frio vem conforme o cobertor. Nisso ela tem razão. Eu acredito em você (pode não valer muito a minha credibilidade) e tenho certeza que você é capaz de tornar esse vírus apenas um pequeno detalhe da sua existência.

6 – Você não esta sozinho. É claro que você não vai ficar grudado comigo 24hs/7 dias por semana (ninguém merece um castigo desses). Mas eu estou e estarei sempre ao seu lado mesmo que seja apenas para ficar calada olhando pro nada. E eu não sou a única que está ao seu lado. Você tem também a sua mãe e talvez descubra que alguns dos seus amigos também estão.

OBS: No item 1 é meio tosco, mas serve como prova do meu egoísmo (pensei primeiro em mim).
No item 2 eu quis dizer que você deve seguir em frente porque o mundo precisa de você. Isso mesmo o mundo todo.

– Quero deixar claro que sou de exatas e por esse motivo sou péssima com as palavras (não que eu seja boa em matemática).
– Não sei como consegui 900 na redação do ENEM.

Ass: D.P.D.B”

 

A carta foi publicada na página do Facebook “Jovens Contra a AIDS” criada pelo receptor da carta e administrada por ele com o apoio de outro amigo HIV-positivo.

As identidades das personagens foram preservadas porque, infelizmente, o preconceito do HIV ainda é forte na sociedade, mesmo tendo passado mais de 30 anos desde a descoberta da doença.

É importante ressaltar que mensagens como esta comprovam que o amor é capaz de sobrepujar a ignorância.

Sobre o item 3, é a mais pura verdade. Soropositivos de todo mundo mantêm sua vida normal, igual qualquer outro soronegativo. Os antirretrovirais garantem a qualidade de vida dos portadores de HIV.

Sobre a doença, é imprescindível combater o avanço do HIV/AIDS no mundo, independentemente da sua sorologia.

Ps: embora seja ridículo, é importante frisar que pessoas heterossexuais também estão suscetíveis de contrair a doença. Por que falo isso? Porque o estigma de que a AIDS é uma “doença gay” ainda é forte, o que influencia nos casos recentes de aumento da doença entre heterossexuais.

Foto/reprodução: Facebook/jovenscontraaaids

 

Por Tiago Minervino

Acompanhe a Vamos Contextualizar no Facebook

Anúncios